SÃO PAULO CULTURAL

CAIXA CULTURAL (SÉ)

Pça. da Sé, 111 – Sé
Tel. 3321-4400).
Ter. a dom.: 9h às 21h.
Clique aqui para ver as atualizações do site da Caixa.

CAIXA CULTURAL (PAULISTA)

Av. Paulista, 2.083, Bela Vista, região central, tel. 3321-4400.
Ter. a sáb.: 9h às 21h.
Dom.: 10h às 21h.
Clique aqui para ver as atualizações do site da Caixa.

CASA DAS ROSAS

Av. Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo- SP
Telefone: 11 3285-6986
Aberto de terça a domingo das 10h às 18h

CENTRO BRASILEIRO BRITÂNICO

Ferreira de Araújo, 741
Tel. 3095-4466.
Seg. a sex.: 10h às 19h.
Sáb. e dom.: 10h às 16h.

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

R. Álvares Penteado, 112 – Centro
tel. 3113-3651.
Ter. a dom.: 9h às 20h.

CENTRO CULTURAL E DE ESTUDOS SUPERIORES AÚTHOS PAGANO

Capacidade: 60 lugares | Ar-condicionado
R Thomé de Souza, 997 – City Lapa
Informações (11) 3836-4316
Horário de funcionamento:
Seg. à sexta das 9:00 hs às 17:00

CENTRO CULTURAL FIESP

Galeria de Arte – Av. Paulista, 1.313 – Bela Vista
Tel. 3146-7405).
Seg.: 11h às 20h.
Ter. a sáb.: 10h às 20h.
Ingressos: Entrada franca.
Reserva (grupos) 3146-7396 de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h e das 14h às 17h.

CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso – CEP 01504-000 – São Paulo – SP
fone: 3383 – 3402. email: ccsp@prefeitura.sp.gov.br

CENTRO CULTURAL SESI VILA LEOPOLDINA

Centro de Atividades “Gastão Vidigal”
Rua Carlos Weber, 835 – Vila Leopoldina
Informações: 3834-3441 / 3832-1066 ramais 1180 e 1189
ou centroculturalsesi@sesisp.org.br

CENTRO DE ESTUDOS MUSICAIS TOM JOBIM

Largo General Osório, 147 – São Paulo
Telefone (55 11) 3221.3929
CEP: 01219-001 – Brasil

CINEMATECA BRASILEIRA

Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Mariana [próxima ao Metrô Vila Mariana]
Tels.: 5084-2177 (ramal 210) ou 5081-2954

ESPAÇO CULTURAL DONA JULIETA SOHN – CASARÃO DO BELVEDERE

Rua Pedroso, 267, Bela Vista, próximo ao metrô São Joaquim.
(11) 3266-5272

ESPAÇO CULTURAL É REALIZAÇÕES

Rua França Pinto, 498, Vila Mariana, São Paulo, SP (próximo ao metrô Ana Rosa).
Telefone 11 5572-5363 | eventos@erealizacoes.com.br

ESTAÇÃO PINACOTECA

Largo General Osório, 66 – Metrô Luz – São Paulo – SÃO PAULO
Ter. a dom.: 10h às 18h.
Tel.: (11) 3337-0185
Terça-feira a domingo, 10h às 18h.
Ingresso: R$4 e meia-entrada. Grátis aos sábados. R$ 5 (ingr. combinado Pinacoteca e Estação Pinacoteca). Estac. (R$ 5).

FAAP

R. Alagoas, 903 – Higienópolis
tel. 3662-7198).
Ter. a sex.: 10h às 20h. Sáb. e dom.: 13h às 17h.

FAAP CENTRO

Ed. Lutetia – 2º andar – Pça. Patriarca, 78 – Sé
Tel. 3101-1776
Seg. a sex.: 10h às 18h.

INSTITUTO TOMIE OHTAKE

R. Coropés, 88 – Pinheiros
Tel. 2245-1900.
Ter. a dom.: 11h às 20h.

INSTITUTO MOREIRA SALLES – IMS

Rua Piauí, 844, 1º andar, Higienópolis
CEP: 01241-000 – São Paulo-SP
Tel.: 3825-2560; fax: 3661-0984
De terça a sexta, das 13h às 19h;
sábado e domingo, das 13h às 18h.
Visitas monitoradas: 3825-2560

ITAÚ CULTURAL

Av. Paulista, 149 – Bela Vista
Tel. 2168-1776.
Ter. a sex.: 10h às 21h. Sáb. e dom.: 10h às 19h.

MAC USP Cidade Universitária

Rua da Reitoria, 160 – Cidade Universitária
05508-900 – São Paulo – SP – Brasil
55 11 3091.3039 / 55 11 3812.0218 (fax)
Terça à sexta das 10 às 18; Sábado, domingo e feriados das 10 às 16 horas
Segunda-feira fechado.

MAC USP IBIRAPUERA

Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, portão 3 – Parque Ibirapuera
Pavilhão Ciccillo Matarazzo, 3° piso
04094-000 – São Paulo – SP
Tel. 5573-9932).
Terça a domingo das 10 às 19 horas
Segunda-feira fechado.

MAC USP Anexo

Rua da Reitoria, 160 – Cidade Universitária
05508-900 – São Paulo – SP – Brasil
55 11 3091.3538 / 55 11 3031.3467 (fax)
Terça a sexta das 10 às 18, sábado, domingo e feriados das 10 às 16 horas
Segunda-feira fechado.

MASP

Av. Paulista, 1.578, 1º e 2º subsolos e 1º andar – Bela Vista
Tel. 3251-5644.
Quinta-feira, das 11h às 20h
Terça, quarta, sexta, sábado, domingos e feriados, das 11h às 18h
(a bilheteria fecha com uma hora de antecedência).
Agendamento para grupos e escolas agendamento@masp.art.br
Ingressos: R$15,00 (inteira) e R$ 7 (estudante com identificação da instituição)
Grátis somente as terças.
Grátis para menores de 10 e maiores de 60 anos

FUNDAÇÃO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda
Telefone: 11 3823-4600
Visitas monitoradas: 11 3823-4655
Associação dos Amigos do Memorial: 11 3823-4655 | aafmal@gmail.com
Envie idéias e sugestões: bancodeideias@memorial.sp.gov.br

MIS

Av. Europa, 158 – Jardim Europa
Tel. 3062-9197.
Ter. a dom.: 10h às 18h.

MUSEU AFRO BRASIL

Pavilhão Pe. Manoel da Nóbrega – Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, portão 10 – Parque Ibirapuera
Tel. 5579-0593).
Ter. a dom.: 10h às 17h (c/ permanência até as 18h).

MUSEU DA CASA BRASILEIRA

Av. Brig. Faria Lima, 2.705 – Pinheiros
Tel. 3032-3727.
Ter. a dom.: 10h às 18h.

MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA

Estação da Luz s/n , São Paulo, SP – 01120-010
Telefone: 11 33260775
Terça à Domingo das 10h às 17h.

MUSEU DE ZOOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Av. Nazaré, 481, Ipiranga.
Tels: 11 6165-8100 e 11 6165-8140

OCA

Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, portão 3 – Parque Ibirapuera, 1º andar
Tel. 6846-6000).
Seg. a qui.: 9h às 19h.
Sex. a dom.: 9h às 21h.

PAÇO DAS ARTES

Av. da Universidade, 1 – Butantã
Tel. 3814-4832.
Ter. a sex.: 11h30 às 19h.
Sáb. e dom.: 12h30 às 17h30.

PINACOTECA DO ESTADO

Praça da Luz, 02 – Jardim da Luz – São Paulo – SÃO PAULO
Tel.: (11) 3229-9844 | Fax.: (11) 3229-9844, ramal 229
Horário: terça-feira a domingo, 10h às 18h.
Ingresso: R$4,00 e R$2,00 (meia).
Grátis aos sábados.

SESC POMPÉIA

R. Clélia, 93 | Pompéia | São Paulo | SP | 05042-000
Telefone: 11 3871-7700 | fax: 11 3865-0324
email@pompeia.sescsp.org.br

SESC SANTANA

Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Jardim São Paulo – São Paulo – SP
Telefones: 11 69718700 | 0800 118220

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA

Rua Mauá, 51 – Luz
CEP 01028-900 – São Paulo/SP
Tel: (11) 3351-8000

FONTE: AGENDACULT

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


Carta ao Leitor

A inabilidade de ser igual e o desejo de personificar a existência é que enche as prateleiras e estantes de livros, filmes e CD’s.

Vida organizada, distribuída em capítulos e episódios: isto é Arte.

Desde que somos crianças adoramos ouvir histórias e contos de fadas. Crescemos e nos rendemos aos filmes e novelas, ir ao cinema e ao teatro. A ficção está por toda a parte e nos ajuda com a realidade da vida.

Inventar pode ser uma catarse, nos desplugando – por alguns instantes – de um mundo exigente e repleto de cobranças, nos fazendo migrar para um faz-de-conta, feito de formas, sinais e tramas que independem de tempo e espaço. Algo análogo, onde o prazer fala alto. É uma bela saída para recontruir-se e reinventar-se. Isto explica um médico ter uma banda de Rock, um dentista fazer trabalhos de marcenaria nas horas vagas, uma psicóloga compondo versos durante as noites, uma arquiteta costurando bonecas entre um e outro projeto. A fome pelo conhecimento e sensibilidade é ilimitada.

Nossa matéria de capa trás uma profissional da ficção: Fernanda Montenegro. Ela garante que resolve(u) no palco toda a sua fantasia. Em entrevista ao jornalista Armando Antenore Fernanda fala sobre Simone de Beauvoir e a grande influência de o “segundo sexo” em sua vida, de feminismo e do existencialismo. Conta sobre o pacto de fidelidade que fez (e cumpriu) com Fernando Torres, e responde certeira sobre o possível antagonismo de ser feminista e mãe.

Por sorte a ficção não é exclusividade dos artistas e literatas, é sim uma reserva acessível e democrática. O cobrador de ônibus, o eletricista, o pedreiro, o taxista…todos acreditam que suas vidas possam se tornar um livro, um filme, uma música. Afinal são protagosnistas de suas próprias histórias. O desejo de contar sinaliza a ânsia que qualquer um tem de ser incomum.

Neste mês de março, em que se celebra a mulher por todos os cantos, o “universo conspirou” e estamos rodeados de mulheres – notáveis – que aderiram a esta empreitada participativa da Contemporânea: Cris Persicano em seu ARTIGO DEFINIDO fala sobre a MULHER MODERNA que faz acontecer, Maria Emilia Genovesi é convidada do ARTIGO INDEFINIDO e – como que num grito – convida, MULHER: VAMOS EM FRENTE? Na recém criada página POESIA CONTEMPORÂNEA a participação da portuguesa Sylvia Beirute com poesias profundas e pensantes, solidifica o desejo da REVISTA CONTEPORÂNEA em estreitar laços e interagir com a CPLP.

Para arrematar toda essa história de mulheres e mais mulheres, o MUNDO CONTEMPORÂNEO é a análise desta edição terceira por MARCELO ULGUIM, nosso comentarista.

Feita – providencialmente – por mulheres, sugiro que essa edição – também – seja degustada por homens inteligentes que apreciem nossos feitos, nossas conquistas e nosso espaço.

Boa leitura,

Simone Costa
Editora

Inspirada pelo poeta Fabrício Carpinejar

Siga a Contemporânea…

Aos 80 anos Fernanda Montenegro declara: “Toda a minha fantasia eu resolvi no palco”


%d blogueiros gostam disto: