TEATRO

TEATRO AUGUSTA

Rua Augusta, 943 – 01305-100 – Cerqueira César  – São Paulo – SP
Ingressos também pelo telefone 11 3151-4141
Quarta à Sábado, das 15h as 19h. Domingo, das 15h às 17h .
A reserva estará assegurada até 30 minutos antes do espetáculo.

TEATRO CENTRO DA TERRA

Rua Piracuama, 19, Sumaré – 05017-040, São Paulo, SP, Brasil
Tel/Fax: +55 (11) 36751595 | teatro@centrodaterra.com.br

ABRIL

Av. Brig. Luis Antônio, 411/ Bela Vista – Tel:6846-6000

ÁGORA

Rua: Rui Barbosa, 672. Bela Vista, São Paulo, SP. (Próximo ao metrô São Joaquim)
Bilheteria: Fone/Fax: (11) 3284.0290
secretaria@agorateatro.com.br

ALFA

R. Bento branco de andrade filho, 722/ sto amaro – Tel:5693-4000

ALFREDO MESQUITA

Av. Santos dumomt, 1770/ santana – Tel:6221-3657

ALIANÇA FRANCESA

R. General jardim, 182/ v. Buarque – Tel:3123-1753 / metrô república

ARTE GÜLLIK

Av. Pompéia, 1227/ pompéia – Tel:3862-2156]

ARTHUR AZEVEDO

Av. Paes de barros, 955/ moóca – Tel:6605-8007

BIBI FERREIRA

Av. Brig. Luis antônio, 931/ bela vista – Tel:31053129 / metrô são joaquim

C. E. JOFFRE SOARES

R. Major diogo, 547/ bela vista – Tel:3242-6446

CCBB – CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

R. Álvares penteado, 122/ centro -Tel:3113-3651 / metrô são joaquim

CACILDA BECKER

R. Tito, 295/ lapa – Tel:3864-4513

CCSP – CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

R. Vergueiro, 1000/ liberdade – Tel:3277-3611 / metrô vergueiro

CROWNE PLAZA

R. Frei caneca, 1360/ cerqueira césar – Tel:289-0985 / metrô consolação

CULTURA ARTÍSTICA

R. Nestor pestana, 196/ consolação – Tel:3258-3616 / metrô república

CULTURA INGLESA PINHEIROS

R. Dep. Lacerda franco, 333/ pinheiros – Tel:3814-0100

DAS ARTES

Av. Rebouças, 3970/ shopping eldorado – Tel:3034-0075 / est. Do shopping

ESPAÇO CEMITÉRIO

R. Conselheiro ramalho, 673/ bela vista – Tel:3285-2850

ESPAÇO DOS SATYROS

Pça. Roosevelt, 184/ centro – Tel:3258-6345 / metrô república

ESPAÇO PROMON

Av. Jucelino kubitschek, 1830/ itaim bibi – Tel:3847-4111

EUGÊNIO KUSNET

R. Teodoro baima, 94/ centro – Tel:3256-9463 / metrô república

FAAP

R. Alagoas, 903/ higienópolis
Tel:3662-7233 / metrô marechal

FOLHA

Av. Higienópolis, 618/ higienópolis – Tel:3823-2323 / metrô marechal deodoro

FUNARTE

Al. Nothman, 1058/ campos elíseos – Tel:3662-5177 / metrô santa cecília

GALPÃO DE FOLIAS

R. Ana cintra, 213/ sta. Cecília – Tel:3361-2223 / metrô santa cecília

GAZETA

Av. Paulista, 900/ cerqueira céSar –  Tel:3253-4102 / metrô trianon-masp

HILTON

Av. Ipiranga, 165/ centro – Tel:3156-4300 / metrô república

IMPRENSA

R. Jaceguai, 400/ bela vista – Tel:3241- 4203 / metrô brigadeiro

ITÁLIA

Av. Ipiranga, 344/ centro – Tel:3257-9092 / metrô república

JARDIM SÃO PAULO

Av. Leôncio de magalhães, 382/ jd. São paulo – Tel:6959-2952 / metrô jardim saõ paulo

TEATRO JOÃO CAETANO

R. Borges lagoa, 650/ v. Clementino – Tel:5573-3774 / metrô santa cruz

MARIA DELLA COSTA

R. Paim, 72/ Bela Vista – Tel:3256-9115 / esq. c/ 9 de julho

MARTINS PENNA

Largo do Rosário, 20/ Penha – Tel:293-6630

NEXT

R. Rego Freitas, 454/ v. Buarque – Tel:3106-9636 / metrô República

OFICINA

R. Jaceguai, 520/ Bela Vista – Tel:3106-2818 / metrô Brigadeiro

PAULO EIRÓ

R. Adolfo Pinheiro, 765/ Sto. Amaro – Tel:5546-0449

PLÍNIO MARCOS

R. Clélia, 33/ pompeía – Tel:3864-3129 / Shopping Pompéia

PROCÓPIO FERREIRA

R. Augusta, 2823/ Cerqueira César – Tel:3083-4475 / metrô Consolação

RECRIARTE BIJOU

Pça. Roosevelt, 172/ Consolação – Tel:3257-2264 / metrô República

Renaissance

Al. Santos, 2233/ Cerqueira César – Tel:3069-2286 / metrô Consolação

RUTH ESCOBAR

R. dos Ingleses,209/ Bela Vista – Tel:289-2358 / metrô Brigadeiro

SANTA CRUZ

R. Orobó, 277/alto de pinheiros – Tel:3024-5191

SANTO AGOSTINHO

R. Apeninos, 118/ Liberdade – Tel:3209-4858 / metrô Vergueiro

SÉRGIO CARDOSO

R. Rui Barbosa, 153/ Bela Vista – Tel:288-0136

SESC

SESC ANCHIETA

R. Dr. Vila nova 245/ V. Buarque – Tel:3256-2281

SESC BELENZINHO

Av. Alvaro Ramos, 915/ Belenzinho – Tel:6602-3738 / metrô belenzinho

SESC VILA MARIANA

R. Pelotas, 141/ V. Mariana – Tel:5080-3147

TEATRO POPULAR DO SESI

Av. Paulista, 1313 – Cerqueira César (metrô trianon) – Tel:3284-9787

TEATRO POPULAR DO SESI OSASCO

Avenida Getúlio Vargas, 401 – Jardim Piratininga
Tel.: 3686-4656

TEATRO MUNICIPAL

Pça. Ramos de zevedo – Centro de São Paulo – Tel:222-8698

TEATRO SÃO PEDRO

Rua Barra Funda, 171 – próximo ao Metrô e Pça Marechal Deodoro
Telefone: 11 3667-0499
Quarta a domingo, das  14 às 17 horas. Grátis.
Acesso para deficientes físicos | Ar Condicionado

TEATRO TBC

R. Major diogo, 315 – Bela Vista – Tel:3104-5523

TEATRO X

Pça. Roosevelt 124 – Centro de São Paulo – Tel:3231-0178

TUCARENA

R. Monte alegre, 1024 – Perdizes – Tel:3670-8453

UNIÃO CULTURAL

R. Cel. Oscar porto, 208 – Paraíso – Tel:3885-1022

VENTO FORTE

R. Brig. Haroldo Veloso,150 – Itaim Bibi – Tel. 3078-1072

FONTE: AGENDACULT

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


Carta ao Leitor

A inabilidade de ser igual e o desejo de personificar a existência é que enche as prateleiras e estantes de livros, filmes e CD’s.

Vida organizada, distribuída em capítulos e episódios: isto é Arte.

Desde que somos crianças adoramos ouvir histórias e contos de fadas. Crescemos e nos rendemos aos filmes e novelas, ir ao cinema e ao teatro. A ficção está por toda a parte e nos ajuda com a realidade da vida.

Inventar pode ser uma catarse, nos desplugando – por alguns instantes – de um mundo exigente e repleto de cobranças, nos fazendo migrar para um faz-de-conta, feito de formas, sinais e tramas que independem de tempo e espaço. Algo análogo, onde o prazer fala alto. É uma bela saída para recontruir-se e reinventar-se. Isto explica um médico ter uma banda de Rock, um dentista fazer trabalhos de marcenaria nas horas vagas, uma psicóloga compondo versos durante as noites, uma arquiteta costurando bonecas entre um e outro projeto. A fome pelo conhecimento e sensibilidade é ilimitada.

Nossa matéria de capa trás uma profissional da ficção: Fernanda Montenegro. Ela garante que resolve(u) no palco toda a sua fantasia. Em entrevista ao jornalista Armando Antenore Fernanda fala sobre Simone de Beauvoir e a grande influência de o “segundo sexo” em sua vida, de feminismo e do existencialismo. Conta sobre o pacto de fidelidade que fez (e cumpriu) com Fernando Torres, e responde certeira sobre o possível antagonismo de ser feminista e mãe.

Por sorte a ficção não é exclusividade dos artistas e literatas, é sim uma reserva acessível e democrática. O cobrador de ônibus, o eletricista, o pedreiro, o taxista…todos acreditam que suas vidas possam se tornar um livro, um filme, uma música. Afinal são protagosnistas de suas próprias histórias. O desejo de contar sinaliza a ânsia que qualquer um tem de ser incomum.

Neste mês de março, em que se celebra a mulher por todos os cantos, o “universo conspirou” e estamos rodeados de mulheres – notáveis – que aderiram a esta empreitada participativa da Contemporânea: Cris Persicano em seu ARTIGO DEFINIDO fala sobre a MULHER MODERNA que faz acontecer, Maria Emilia Genovesi é convidada do ARTIGO INDEFINIDO e – como que num grito – convida, MULHER: VAMOS EM FRENTE? Na recém criada página POESIA CONTEMPORÂNEA a participação da portuguesa Sylvia Beirute com poesias profundas e pensantes, solidifica o desejo da REVISTA CONTEPORÂNEA em estreitar laços e interagir com a CPLP.

Para arrematar toda essa história de mulheres e mais mulheres, o MUNDO CONTEMPORÂNEO é a análise desta edição terceira por MARCELO ULGUIM, nosso comentarista.

Feita – providencialmente – por mulheres, sugiro que essa edição – também – seja degustada por homens inteligentes que apreciem nossos feitos, nossas conquistas e nosso espaço.

Boa leitura,

Simone Costa
Editora

Inspirada pelo poeta Fabrício Carpinejar

Siga a Contemporânea…

Aos 80 anos Fernanda Montenegro declara: “Toda a minha fantasia eu resolvi no palco”


%d blogueiros gostam disto: